Requiem

Sob o céu vasto e estrelado,
Cava a sepultura e deixa-me descansar;
Alegre vivi e alegremente morri,
E fui deitar-me deixando um legado.

Será este o verso que me gravarás:
Aqui descansa ele onde desejava estar;
O marinheiro em casa, regressado do mar,
O caçador no lar, regressado do monte.

[Requiem – Robert Louis Stevenson – Trad. H. Barbas 5.12.2012]

partilhar