documentário, exposições, fotografia, pintura

Ishiuchi Miyako e Frida Kahlo

Ishiuchi_Miyako
Hiroshima (2011) – Ishiuchi Miyako

Ishiuchi Miyako (n. 1947) é uma fotógrafa japonesa muito peculiar. Dedica-se a registar os rastos que indivíduos e sociedade deixam depois de si, cicatrizes reais ou que se impõem à imaginação. Numa mostra de 2011 – Hiroshima – fotografa roupas e objectos usados, abandonados, cujas marcas do tempo e da tragédia evocam vidas e memórias.

Em 2012 Circe Henestrosa Conoan organiza a exposição «As aparências enganam: Os vestidos de Frida Kahlo» (até 2018) na Casa Azul/Museu Frida na Cidade do México. São patenteatos pela primeira vez os mais de 300 pertences da pintora (1907-1954) que Diego Rivera (1886-1957) escondera numa casa-de-banho depois da morte dela, e que pedira ficassem encerrados até 15 anos depois da morte dele.

Circe convida Ishiuchi para documentar este espólio onde o glamour dos óleos coabita com os vestígios fluidos do sofrimento. Do resultado impressionante sai o livro Frida by Ishiuchi, o documentário The Legacy of Frida, e outras exposições de fotografia, uma em Londres, na Galeria Michael Hoppen (14 Maio a 12 Julho 2015).

Frida_3
Corpete de Frida Kahlo fotografado por Ishiuchi Miyako
partilhar