IRS sem selfies

tv_50

Perante câmaras televisivas as sumidades políticas não resistem a traduzir por (para) miúdos a sua prosa: «para as pessoas lá em casa entenderem». «Lá em casa» dele(s)? Das nossas? «Lá em casa» as pessoas [que ainda a têm] ficam subitamente estúpidas. Deixam de perceber em que mundo andam, e em que mundo vão ficar depois de aprovados Orçamento e Reforma fiscal (o argumento  é que os portugueses se interessam pouco pelos «mecanismos» técnicos utilizados para lhes fazerem as contas…) «Cá em casa» ficou tudo esclarecido quanto à simplicidade do próximo IRS e cláusulas de excepção. Também se percebeu como é que as famílias sem filhos se livram de pagar impostos pelos filhos dos outros. «Cá em casa» até se pagariam impostos por conta de alguns dos filhos dos outros, só convinha saber se é pelos filhos do pai ou pelos filhos da mãe.

partilhar