Os portugueses podem não ser o melhor povo do mundo, ou o «mailindo», mas são decerto o mais democrático. Surgiu por aí uma sondagem a dizer que uns 70% dos portugueses estavam zangados com a Democracia. Permitam-me corrigir. Os portugueses estão zangados com os «chicos espertos» e oportunistas que usam os instrumentos da Democracia para nos enganar e manipular.
A prova provada são as manifestações ordeiras, sucessivas, sempre no mesmo tom – como quem anda nisto há muuuitos séculos. Ontem um jovem jornalista candidamente informou que seria muito mais fácil (ao poder, imagina-se) lidar com manifestações violentas. Pois 🙂

Os portugueses são tão democráticos que até os nossos Reis tinham que ser primeiro «alevantados pelo povo» antes de irem receber insígnias e coroações por parte de clero e nobreza. Na Crónica Geral de Espanha consta sobre Afonso Henriques: «…Mas, antes que entrasse ena batalha, conta a estória que os seus que o alçarom por rey. E des entõ se chamou rey de Portugal» (p. 224 ss). Também as cortes precisavam, previamente, de «assento». E quando estas se atreviam a contrariar o processo, dava Revolução.  Fernão Lopes que o diga. D. João I foi rei «alevantado» porque «não foi ele o que buscou o Reino, e se introduziu, mas o Reino foi que o buscou a ele, e o alevantou». Este pequeno àparte para os experientes candidatos a salvadores da pátria que começaram já a perfilar-se  no horizonte, e que já se esqueceram das respectivas (ir)responsabilidades.

partilhar