Camões – o Lusitano liso

Luis de Camões - Fernão Gomes

Corre por aí este retrato de Camões (1524-1580), atribuído a Fernão Gomes, como o «mais autêntico» e «ainda pintado em vida». Mas no texto abaixo, uma sátira de André Falcão de Resende (1527-1599) o poeta aparece «sem bigodes» e nuns tempos mui parecidos com os nossos. Satira segunda a Luis de Camões. Repreende aos que, desprezando os […]

Carta à Troika

Querida TroikaResolvi também escrever-vos uma carta para não ficar mal vista. Desejo que façam boa viajem até casa, e descansem que já estavam a ficar um bocado amarelinhos.  Fizeram um grande trabalho, e obrigadinha. Puseram três partidos de acordo, e arrumaram-nos a casa à séria em 34 páginas. Andam pr’aí as más-línguas a dizer que a […]

da Universitas (ainda)

Tenho o maior respeito e veneração pela ideia milenar de Universidade – e muita honra em lhe pertencer. E ela lá tem resistido apesar de nunca tantos em tão pouco tempo terem tentado tão desesperadamente dar cabo dela.    Durante a Idade Média, os estudantes-goliardos – cheios de mobilidade – cruzavam essa Europa fora em […]

Julian Barnes a revisitar

Julian Barnes nasceu em Leicester em 1946, e estudou em ­Londres e Oxford. Desempenhou as funções de lexicografo no­ O.E.D., e depois veio a trabalhar como ­jornalista para o New Statesman e o Sunday Times. Entre 1982­ e 1986 fez critica de televisão para o Observer – mais sobre a biografia. É também o autor […]