O português em Macau

Porque parece que o português vai estar de novo em voga em Macau, recuperei um artigo escrito para o Expresso em  1998 – no ano anterior à Devolução – a delinear dificuldades e paradoxos. Quando saber português era literalmente vital. «O problema do português em Macau – como todos os problemas da relação entre os […]

Ramos Rosa em 1988

António Ramos Rosa (1988) Expresso

«Data de 1958 o primeiro livro de Ramos Rosa, O Grito Claro,­ cumprindo agora o autor trinta anos de percurso poético. É um longo caminho de exploração da linguagem, de demanda, não apenas artística, mas também de auto-conhecimento, que vêm a ser­ compensado com o prémio Pessoa. Poeta modernista, tenta libertar as energias expressivas­ reprimidas, tornando-se […]

Saramago, José – da aparência das coisas

José Saramago

Em 2004 tive a oportunidade de entrevistar José Saramago a pretexto de dois livros seus – Ensaio sobre a Lucidez e, o ainda no prelo, Don Giovanni ou o Dissoluto Absolvido (2005). Transcrevo aqui a entrevista na íntegra, pela sua actualidade e para boa memória. «Pretende que o seu romance seja subversivo. José Saramago falou […]

Clonagem, caldeiradas e imortalidade

Ovelha Dolly

Faz 15 anos que nasceu a ovelha Dolly – o primeiro mamífero a ser clonado – hoje empalhada no National Museum of Scotland. De quando em vez vêm ao de cima as questões éticas sobre a clonagem de animais – e pouco ou nada se fala de humanos. Mas, à revelia de leis e discussões, […]

Canaletto e as mulheres

Cortile dello scalpellino (1725) – Canaletto, óleo s/ tela (123,8×162,9) – National Gallery, Londres O olhar de Canaletto (1697-1768) consegue captar a estranha luminosidade da sua Veneza. Insiste no valor matemático da perspectiva e, quando necessário, recorre à camara óptica. Este quadro fascinante – Cortile dello scalpellino / O Pátio do Pedreiro / The Stonemason Yard […]